Blg

Para cada tipo de pele uma maquiagem

O tema maquiagem já esteve presente aqui no blog, mas hoje nossa intenção é explicar um pouco mais sobre o tipo de maquiagem ideal para cada tipo de pele.

Muitas pessoas tem dificuldade de saber se tem pele normal, seca, oleosa ou mista. Porém, ter essa informação antes de se jogar na maquiagem é muito importante, pois a partir daí, vamos conhecer quais são os produtos ideais e mais indicados para o tipo de pele.

A pele oleosa têm mais cravos e acne e, ao longo do dia, fica com aspecto de pele brilhante (de oleosidade). Já a pele mista possui esse aspecto brilhante na zona T (região da testa e do no nariz). Agora, a pele seca é aquela que descama facilmente e pede sempre um hidratante, principalmente em dias secos e frios.

Aproveite agora as dicas valiosas que vão te deixar com a make ideal para o seu tipo de pele J

Pele seca

Nesse tipo de pele, é comum haver pequenas descamações, presença de vermelhidão e aparecimento de leves linhas e fissuras ao redor dos olhos e boca. Por isso, alguns cuidados são essenciais para quem tem esse tipo de pele. Passar um hidratante antes de aplicar a maquiagem é uma boa pedida e vai ajudar a evitar o ressecamento ao longo do dia, já que estamos falando de um tipo de pele que pode sofrer com fatores externos como ar condicionado e poluição.

Se a pele estiver com ressecamento acentuado, o primer irá uniformizar a textura da pele e manter ela intacta por mais tempo. A base deve liquidas, quer além de dar menos destaque, caso a pele esteja craquelada, ela tende a penetrar melhor na pele.

No restante da maquiagem que inclui blush, sombra e pó, escolha a versão liquida ou em creme.

Para quem busca uma maquiagem mais natural, para o dia a dia, o BB cream terá a função ideal. Além de hidratar a pele, ele costuma ter fator de proteção solar.

Pele mista

A pele mista é a intermediária entre a seca e a oleosa. Geralmente, pessoas com esse tipo de pele têm o nariz e a testa com oleosidade. No geral, o ideal são bases mais secas, que fiquem no meio termo entre textura liquida e encorpada. Isso vale para o restante da maquiagem. Como a oleosidade tende a se concentrar na zona T, o recomendado é só usar pó compacto nessa região.

Pele oleosa

Um dos maiores problemas na hora de maquiar esse tipo de pele é que a duração costuma ser menor, uma vez que a concentração de gordura dificulta a fixação da maquiagem.

Nesse caso, prefira produtos com acabamento matte e jamais abuse do pó. Quanto à base, o ideal é apostar nas mais finas, que não costumam ter óleo na composição (oil free). Blushes e sombras também podem ser usados em pó.

O uso do primer é recomendado para todos os tipos de pele, mas, para as oleosas, é indispensável, pois vai hidratar, uniformizar e controlar a oleosidade.

Uma dica valiosa dos experts é: passar um pouquinho de pó compacto antes de aplicar a base. Isso ajuda a fixar a maquiagem!

Pele normal

A pele normal é uma das mais fáceis de lidar em termos de maquiagem. Elas são classificadas como nem tão secas, nem tão oleosas, ou seja, mantem um nível relativamente equilibrado, o que permite apostar em bases mais leves e com textura natural. Mas muito cuidado: ter a pele normal não é sinal de que ela seja perfeita! Os cuidados são necessários evitando desequilíbrios. No restante do rosto, a escolha entre produtos em pó ou em creme vai depender do gosto pessoal, já que ambos podem cair bem. Blushes e sombras podem ser aplicados sem medo em diferentes texturas, de acordo com o acabamento desejado.

Agora descubra qual seu tipo de pele e saiba como cuidar !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *