Chocolate

Descubra qual chocolate traz benefícios para a sua saúde

Começamos esse artigo informando que ele vai pesar na consciência de todos os nossos leitores. Para quem é chocólatra, recomendamos sentar e fazer a leitura com bastante resiliência. Estamos na semana da Páscoa, e decidimos realizar uma missão aguardada por muitos: falar bem do chocolate. E realmente, conseguimos informações positivas interessantíssimas sobre ele! Mas, ainda não será dessa vez que a nossa iguaria tão amada, que alivia a TPM, ameniza o estresse e dá energia, receberá o Oscar de ‘melhor mocinho’ da alimentação…

Na verdade, se fizéssemos uma comparação com a sétima arte, o chocolate estaria no meio termo. Seria aquele vilão que vai mostrando o seu lado generoso ao longo da trama, sabem? Ele tem qualidades, como nós falamos no começo, e o cirurgião bariátrico Joaquim Neto fundamentou. “O chocolate possui algumas substâncias que estimulam a produção de serotonina, um dos hormônios do prazer. Ele também é uma fonte de cafeína, que fornece energia extra para o organismo, e uma fonte de caloria de rápida absorção”, explicou.

Essas qualidades, na verdade, são do cacau. O preparo do chocolate, como conhecemos e consumimos rotineiramente, inclui açúcares, gordura saturada, conservantes e outras substâncias que, se consumidas em excesso, fazem um mal enorme ao organismo. Então, a primeira dica para os amantes de chocolate é apostar sempre naqueles que possuem maior quantidade do fruto. As embalagens informam esses valores.

Conhecemos esses chocolates como meio amargos, e reconhecemos que a categoria não é paixão nacional (mas, há quem aprecie). Quem não consegue come-los, deve prestar atenção em dobro na saúde. “A quantidade ideal para o consumo de chocolate diariamente é de 25 a 30 gramas, priorizando o alto teor de cacau. Se for ao leite, a indicação é consumir menos e com menor frequência, porque eles possuem essas substâncias que são necessárias para a conservação, mas não fazem bem”, orientou o médico.

O especialista fez um alerta ainda maior para quem adora chocolate branco, que é produzido com a manteiga do cacau. “Ele é mais rico em açúcar e gordura saturada do que os outros. Portanto, deve ser consumido com bastante cuidado”, afirmou Neto.

Mas, é claro que não deixaríamos os nossos leitores magoados nessa Páscoa, então trazemos duas boas notícias! A primeira é para as mulheres. Vocês sabiam que está cientificamente comprovado o papel positivo do chocolate durante a TPM? Sim, está liberado, mas com moderação. “Ele pode auxiliar, com a produção da serotonina, como uma espécie de antidepressivo. Mas, a quantidade não deve exceder o habitual”, considerou o médico. Sem exageros!

Mais uma boa notícia? É claro que nós perguntamos sobre os ovos de Páscoa artesanais, também conhecidos como “ovos de colher”. Eles ganharam um espaço enorme no mercado esse ano. E possuem vantagens. “Esses ovos podem ter vantagem quando pensamos no uso de conservantes, mas o tempo de consumo deles é menor. Na hora de escolher, continua valendo a regra. Optar sempre pelos mais saudáveis”, ressaltou.

Precisamos dizer mais alguma coisa? Tenham todos uma ótima Páscoa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *