40400729 - Woman Applying Protective Lotion Before Sunbathing At Beach

Descubra como prevenir a formação de cálculos renais

Respondam para si mesmos (anotando em papel, no celular ou mentalmente) a essas perguntas. Quanta água você bebe diariamente?  Você tem um copo ou garrafa em sua mesa de trabalho? Você costuma comprar ou levar água quando está na rua? Você consome frutas cítricas regularmente (em forma de suco natural ou em pedaços)? E exercícios físicos, você está praticando?

Quem acompanha o blog sabe que estamos falando de temas relacionados ao verão, mas esse vai surpreender os nossos leitores. Se vocês responderam NÃO a todas ou à maioria das perguntas acima, alerta vermelho. Os seus rins podem estar precisando de atenção. Vamos conversar sobre cálculo renal.

Nesse momento, vocês nos perguntam. “Querem falar disso no verão? Esse é um problema do inverno, que é quando as pessoas bebem menos água”. E a nossa resposta é: também pensávamos assim. Também ficamos surpresos ao descobrir que, no verão, as pessoas eliminam mais água do que consomem, e não repõem esse total na ingestão. Esse ciclo pode causar cálculo renal, e como sempre buscamos o auxílio de especialistas, conversamos com o Dr. Fábio Atz Guino, urologista, para esclarecer algumas dúvidas.

Vamos começar com números. Quando falamos que a incidência de crises de cálculo renal aumenta no verão, estamos nos referindo a uma porcentagem expressiva: 30%. E a razão, como dissemos, é a desidratação. “O nosso corpo perde líquido diariamente, no suor e na urina. O clima quente aumenta o suor, e nem sempre as pessoas bebem água suficiente para repor essa perda. Com isso, elas vão menos ao banheiro e a concentração urinária também aumenta, facilitando a formação dos cálculos”, explicou o médico. Aqui vai, de cara, uma super dica. Sempre beba água depois de ir ao banheiro!

Se uma pessoa ingere pouca água e não possui alimentação balanceada, a situação é ainda mais preocupante. Segundo o especialista, 80% dos cálculos são formados por cálcio e 20% pelo ácido úrico. “Mas, essa estatística é generalizada. Na prática, precisamos analisar, porque há casos em que os cálculos se formam com outras composições. Não é preciso abrir mão dos alimentos, a recomendação é equilibrar a dieta”, afirmou.

Tem prevenção? Yes, tem prevenção! As frutas cítricas, como o limão e a laranja, são aliadas na prevenção dos cálculos renais. Vale comer ou fazer suco natural, e as duas coisas vão bem nesse calorão, não é mesmo? Reduzir o sal e a carne vermelha também é essencial para evitar a formação das pedras. E a gente sempre lembra vocês da importância dos exercícios físicos. A obesidade anda de mãos dadas com a crise renal, então procure uma atividade que você goste e pratique regularmente. Já fizemos vários artigos legais sobre isso, mas a nossa indicação é um sobre corrida (clique aqui) que escrevemos antes dos 7K VTV do ano passado. Quem sabe você não se apaixona e se inscreve para a edição desse ano?

Deixamos a água para o fim, porque sabemos que essa questão ainda é um problema para várias pessoas. Tem os que esquecem, os que sentem náusea, os que não sentem sede, os que se incomodam com a falta de sabor. Cada um inventa uma desculpa, e é por isso que a Ciência e a Tecnologia foram criando ferramentas para auxiliar cada tipo de público. Já existem aplicativos que emitem alertas no smartphone, receitas de águas saborizadas para fazer em casa, copos e garrafas que mantém a temperatura geladinha da água. Tudo para as pessoas consumirem, diariamente, 1,5 litros da bebida mais saudável que existe na Terra. É um desafio, mas vale a pena (nós testamos)!

Agora, uma informação importante. Cálculo renal é uma doença hereditária (que vai passando de uma geração para outra da família). Então, se seus pais, irmãos, avós, tios ou primos têm ou tiveram crises renais, é bom você procurar um urologista. “Quem tem crises frequentes ou histórico familiar deve fazer um acompanhamento, com consultas anuais ao especialista”, orientou Guino. Entendeu?

Rim não é lugar de pedra. E se o verão dá sede, aproveite para criar um novo hábito. Beba água regularmente e aproveite os benefícios!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *