Blog

Descubra o que a modulação hormonal pode fazer pela sua saúde

Essa semana, queremos esclarecer um assunto que vem sendo amplamente discutido pela mídia e, por consequência, causando várias dúvidas nas pessoas. Vocês sabem o que é modulação hormonal e para quê ou para quem ela serve? Acreditem ou não, a primeira correção é o nome desse tratamento.

A modulação hormonal é o ato de nivelar os hormônios corporais. Ela é uma parcela do que chamamos de Medicina Funcional, que é o atendimento individualizado para a melhora da saúde e da qualidade de vida, considerando fatores genéticos, bioquímicos e o estilo de vida de cada paciente. Quem deu mais detalhes sobre esse assunto foi a ginecologista Mariana Paiva de Castro. Também pós-graduada em Fisiologia Hormonal avançada e Ciência da Longevidade Humana, ela explicou por que essa modalidade é diferenciada. “Ela não foca em doenças, ela foca em saúde. A saúde deve ser observada e cuidada ao longo da vida, e a modulação hormonal auxilia na regulação do que não anda bem em alguns períodos”, esclareceu.

Mas, qual a razão desse tema, visivelmente simples, causar tanta polêmica, dividindo até a opinião dos especialistas? Mariana respondeu. “A dúvida é que a modulação hormonal, usada para aumentar os hormônios sexuais e de crescimento, estaria estimulando o aparecimento de alguns cânceres. Na verdade, há dados consistentes na Literatura Médica que anulam essa hipótese”, considerou. Segundo ela, o que pode ocorrer é a estimulação de cânceres que possuam receptores hormonais, caso a pessoa faça a ingestão de hormônios. Logo, nesses casos, o hormônio é um fator de risco, mas nunca o causador.

Sempre que falamos em hormônios, associamos às mulheres, mas homens também podem fazer modulação hormonal. No caso do público feminino, a especialista considera a faixa dos 35 anos ideal para começar. “É a idade em que se iniciam as perdas hormonais por causa do envelhecimento natural e da proximidade com a menopausa, além da exposição crônica ao estresse”.

E os benefícios para elas? Anote aí… “Desde uma melhora de humor, sono, composição corporal, resistência física, manutenção de massa óssea e outros”. Porém, a médica salientou a importância dos bons hábitos e de uma alimentação saudável e equilibrada para alcançar esses ganhos.

Para saber mais, é necessário buscar um especialista no assunto, que poderá esclarecer dúvidas, indicar os melhores caminhos para estabilizar o corpo e acompanhar todo o processo. Vale a pena envelhecer com saúde e qualidade de vida, não importa o sexo nem a idade. Cuidem-se!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *