Blog (1)

Benefícios do Videogame na terceira idade

Jogar videogame é o passatempo preferido entre os adolescentes correto? Sim !! Porém, você sabia que a prática também pode trazer benefícios à saúde dos idosos? Estudos recentes feitos no Canadá e nos Estados Unidos comprovaram que os jogos eletrônicos são capazes de melhorar a saúde mental e até física de pessoas com idade acima dos 65 anos. De acordo com os especialistas, a brincadeira virtual reduz em 29% as chances de desenvolver demência e mantem a capacidades cognitiva e motora por mais tempo.

Neste artigo vamos explicar como isso funciona na prática e quais os benefícios que um pequeno jogo de videogame pode proporcionar.

Promovem exercícios saudáveis

Sistemas de videogame como o Wii (detecta movimento em três dimensões) são uma ótima maneira de promover exercícios saudáveis. De tênis e boxe a boliche, golfe e dança, todos capazes de promover benefícios de forma lúdica e participativa.

Melhoram a memória e a função cognitiva

A tecnologia é capaz de melhorar a função mental ativando a memória e a capacidade de atenção. Se o jogo é frequente, é capaz de estimular a memória de curto prazo.

Diminuem os níveis de depressão

Embora os idosos sejam considerados um dos grupos de maior risco para depressão, os “jogadores de videogame” terão uma melhora no humor, na saúde mental e até a diminuição das chances de depressão.

Melhoram o equilíbrio

Mais um benefício adquirido para quem joga com frequência é o aumento do equilíbrio, oferecendo maior estabilidade nas pernas, o que diminui o risco de quedas, frequente nessa idade.

Ajudam a visão

A pratica faz com que os jogadores se tornem mais sensíveis a diferentes tons de cores, conhecido como sensibilidade ao contraste.  Ao jogar, eles irão rastrear visualmente a tela e interpretar os dados, o que ajuda o cérebro a melhorar cada vez mais o processamento visual e a distinguir diferenças sutis de cor.

Vale a pena apostar nos jogos eletrônicos que, além de estimular o lado lúdico de vovôs e vovós, garante inúmeros benefícios à saúde.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *